Síndrome dos Ovários Policísticos... O que é?

Oi gente!
Hoje eu irei contar ainda mais sobre minha intimidade e compartilhar o meu problema hormonal...


Em Agosto de 2012, eu estava com 18 anos e nessa época eu descobri da pior forma que eu tinha síndrome dos ovários policísticos. Como eu tinha sido consultada por um médico do SUS, ele me tratou muito mal, falou coisas horríveis para mim, diagnosticou o meu problema como seu eu fosse morrer daqui a uns 3 ou 5 anos.

E como eu não tinha tanta informação sobre isso, fiquei desenganada e traumatizada sabe?
Eu lembro que se minha mãe falasse Síndrome de ovário policístico, eu chorava copiosamente.

Com o tempo, acostumei a tomar anticoncepcional para o tratamento, descobri que muitas mulheres além de mim, possuem o mesmo problema. Quando eu fiz questão de pagar uma consulta particular de ginecologista, o tratamento foi outro, minha médica me explicou de uma forma tão natural e profissional o meu problema, além de ter tirado minhas dúvidas e ter quebrado meus medos e traumas deixados por aquele “médico” do SUS.

Depois de 2 anos de uso do medicamento, fiz novamente o exame de ultrassom e no exame, meus ovários estavam normais, com tamanho normal, sem tanto acúmulo de óvulos, etc.
Mas quando perguntei para a médica se eu já podia parar de tomar o remédio se voltava a ser como antes ou não, ela disse que meus óvulos só estariam assim se eu continuasse a tomar o anticoncepcional, se eu parasse, os ovários voltariam a ser como antes.
Traduzindo, terei que tomar o remédio à vida inteira. =/

Hoje, resolvi abrir minha intimidade e compartilhar o meu problema com vocês, quem sabe não tem alguém que se identifica com o problema e aprende ainda mais sobre essa doença genética que é mais comum do que se imagina.
Vamos conferir?

O que é a Síndrome de Ovário Policístico (S.O.P.)?
É um conjunto de sintomas apresentados por uma formação de micro cistos no ovário. A síndrome dos ovários policísticos acomete de 6 a 10% das mulheres a partir da sua primeira menstruação.

Causas

  • Esses cistos aparecem devido a um descontrole dos hormônios sexuais que acontece no corpo feminino. Ainda não se tem as causas certas do desenvolvimento desse problema... No mais comum, eles aparecerem quando as taxas de estrogênio, progesterona e outros hormônios chamados de estrógenos são desenvolvidos em excesso. 
  • Apesar de ser um hormônio masculino, os andrógenos estão presentes no corpo feminino, porém em quantidade menor. Eles são responsáveis por regular o desenvolvimento dos óvulos no período menstrual de cada mulher. Quando eles estão desregulados e são produzidos em excesso, podem ser desenvolvidos os poli cistos ou também doença poli folicular ovariana.

Sintomas
Um dos principais sintomas é a irregularidade da menstruação e o desenvolvimento de hiperandrogenismo, que é um distúrbio que causa um excesso de acne, pelos no corpo e pele oleosa.

  • Marcas escuras ou grossas na pele e dobras do corpo como axilas, virilhas, pescoço e abaixo das mamas.
  • 25% das mulheres com esse problema têm dificuldade de engravidar naturalmente.
  • A Síndrome de Ovários Policísticos engorda a mulher com mais facilidade.

Exames e Diagnóstico
Procure um ginecologista.
Essa deve ser a sua primeira atitude. Os exames ginecológicos são importantes para qualquer mulher a partir da primeira menstruação para evitar o desenvolvimento desse e de outros problemas de saúde.
Havendo suspeita, seu ginecologista orientará sobre o que fazer para dar início ao seu tratamento. Esse distúrbio é detectado através de exame clínico (Exame de ultrassom) e depois de diagnosticado deve ser imediatamente tratado para evitar complicações possíveis.


Ovários Policísticos tem Cura?
Infelizmente não tem cura. Mas tem tratamentos e medicamentos bastante eficazes que tratam e diminuem os ovários policísticos deixando-os normais. Há também as cirurgias, na qual são retirados os ovários, deixando a mulher estéril.


Se deixar de tratar a SOP?
As mulheres que desenvolvem essa doença e não se trata corretamente ou descobrem tardiamente, corre o risco de:

  • Desenvolver de câncer do endométrio
  • Um risco maior ao câncer de mama
  • Doenças ligadas à obesidade
  • Infertilidade


Tratamento
O tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos pode variar.

  • Na maioria dos casos, a síndrome é controlada com anticoncepcional ou metformina. 
  • Em casos de cirurgia, faz-se a retirada desses ovários é feita por um procedimento simples de vide laparoscopia e são feitos apenas três furinhos na região do abdômen, portanto, a recuperação torna-se bem melhor.

Os casos de cirurgia são mais escassos, pois, os anticoncepcionais orais estão cada vez mais eficientes nesse tratamento. Quando diagnosticados cedo, somente a medicação consegue eliminar os cistos.


Fonte de informações: Canal Gravidez.



E vocês, também tem o mesmo problema ou conhecem alguém que tem ovários policísticos? Deixe sua opinião! 

* Você que tem S.O.P., deixe seu comentário dizendo como você descobriu o problema? Estou interessada em saber. ^^




Até a próxima!
Beijos. 

37 comentários:

  1. Olá, Lady!
    Fico feliz que tenha conseguido sucesso para seu tratamento. Tive uma conhecida que tinha esse problema e fez tratamento com sucesso.
    Quer participar do Lulu Entrevista sobre seu blog?
    Big beijos
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  2. Estava navegando e como sempre,amei as postagens. A SOP, é bem comum né mana? Sigo uma página sobre saúde no Face, e lá, sempre postam sobre a síndrome. O bom é que tem tratamento. Te amo.

    ResponderExcluir
  3. É complicado com você tem um problema e os médicos não ajudam, muito pelo contrário, mas que bom que você se informou melhor e encontrou uma médica que te ajudasse a tirar seus medos e traumas :D

    http://www.sweetexpected.com.br/

    ResponderExcluir
  4. obrigado por partilhar isso connosco! não conhecia, nem conheço ninguem que tenha.
    beijinho grande


    the-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa que interessante esse assunto, muito importante pra nós mulheres mesmo, não tem cura mas que bom que tem um tratamento legal néh que não coloca a mulher em risco nenhum.
    Gostei do post, parabéns!

    Beijos ♥
    http://blogdathaiara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, adorei a matéria muito instrutiva.
    Beijocas!!
    Se quiser me seguir visite meu blog.
    http://kellyrlopes2015.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Uma amiga minha tem isso... ela também tem que tomar remédio ever.

    Já no meu caso, eu tenho um mioma no útero. Aliás, preciso marcar uma consulta pq faz tempo que não acompanho :/

    Beijo sua linda !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Instagram: @aquelenaoblog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
  8. Quando penso nesses problemas, dá uma revolta de ser mulher, haha também falei no meu blog algo parecido quando fiz cirurgia de mioma esse ano, cisto eu só tinha um, mas é isso, sempre temos que tomar remédios para controlar. Bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga!
    Muito bacana da sua parte compartilhar um pouco da sua vida aqui com a gente. Imagino como deva ter sido horrível sua consulta com o médico do sus. Não adianta, eles são grossos e arrogantes em todo canto desse país. Passei uma braba no meu parto e saí de lá com a certeza de que não quero ter mais filhos!
    Ainda bem que encontrou uma boa médica pra se tratar e que bom que está controlado. É chato ter que tomar remédio a vida inteira, mas pelo menos tem tratamento né?
    Hoje tem post inspiração no blog, espero que goste!
    Beijos e boa semana <3


    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi linda. Eu tenho uma amiga que tem esse mesmo problema. Com certeza não é o fim do mundo, mas é sempre bom estar cuidando.
    Amei o post!

    Um beijo.
    www.anneabreu.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Linda! Receba a Cura em o Nome do Senhor Jesus! Não desanime! Lembre que Deus é Especialista em fazer Milagres todos os Dias! Beijos e fique na Paz do Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  12. Oi Linda! Receba a Cura em o Nome do Senhor Jesus! Não desanime! Lembre que Deus é Especialista em fazer Milagres todos os Dias! Beijos e fique na Paz do Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  13. I have your same problemo , but the pills make me feel worse :( Article very interesting..I following your blog now (n.1191), follow me back please?? Have a nice day!!! Kisses

    http://myspaceofbeautybygiada.blogspot.it

    ResponderExcluir
  14. caramba adorei sua materia e tirei varias duvidas que eu tinha , pois eu fiz exame e constatou que eu tenho ovario policistico e tenho que tratar

    www.mundodasmodices.com

    ResponderExcluir
  15. Oii Lady!
    Tudo bem? Achei seu post muito informativo! Descobri que tenho o útero retrovertido a pouco tempo e foi o motivo das minhas cólicas.
    O médico que fez a ultrassonografia (sem profissionalismo nenhum) me deixou desesperada.
    Melhor alternativa é pedir ma segunda opinião sempre!
    Amei o seu blog!
    Será um prazer receber voce no meu também!
    http://ateliedabee.blogspot.com.br/
    Beijão

    ResponderExcluir
  16. Eu também achei que tivesse esse problema, porque eu sofro com cólicas absurdas. Fui ao médico milhões de vezes e fiz muitos exames, por suspeita de ovário policístico ou endometriose.
    Por fim descobri um microcisto, mas minha médica disse ser irrelevante.

    Uso anticoncepcional de uso contínuo e, devido às minhas cólicas absurdas, também não posso parar. Já tentei e vi que não dá. É extremamente ruim ter que tomar remédio pra sempre, né? Chega um momento em que a gente sequer tem vontade de engolir o bendito comprimido.

    Achei seu post muito bom. Vai ajudar muitas meninas.
    Chiquereza

    ResponderExcluir
  17. Nunca tinha ouvido falar disso :/ eu não conheço ninguém que tenha, bem bacana seu post, super informativo, como sempre. <3 beijão
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
  18. Isso é super normal nas mulheres, seu primeiro médico foi um péssimo profissional, mas como você também tive péssimas experiências com ginecologistas do SUS. Minha mãe, inclusive tem, e ela trata com anticoncepcionais. Se cuidar fica tudo bem, não é um bicho de sete cabeças. Logicamente seria melhor não ter né, mas já que existe, cuidar devidamente é o melhor caminho! Adorei a postagem, vai ajudar muitas meninas!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu Descobri ano passado, e porque fui em médico particular, eu havia ido antes em médico público e não sabia que tinha isso. :(
    Graças a Deus estou me cuidando e seu post me tirou várias dúvidas, obrigada ♥
    http://www.charme-se.com

    ResponderExcluir
  20. Querida obrigada por compartilhar :) Tenho certeza que vai ajudar muitas mulheres que também sofrem com o mesmo problema.
    Tudo de bom pra ti
    Beijinho
    http://themarielement.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  21. É um creme muito bom. Agora no frio está sendo ainda mais maravilhoso!

    Antes de qualquer coisa... Que tipo de médico mequetrefe é esse? Ridículo! O pior é que hoje em dia temos muitos profissionais assim - até em atendimento particular. Bom, se não me engano, minha mãe e minha tia tem cistos nos ovários, mas não sei se é o mesmo problema, Lady!

    Ótima segunda!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  22. Já ouvi falar bastante dessa doença e pelo visto é super perigosa não tratar. Médicos do SUS tratando com descaso..parece que o mundo só gira em torno de dinheiro. Ainda bem que você pagou uma ginecologista particular para tirar as suas dúvidas e te deixou bem melhor :3.
    Beijas,
    Mundo perdido da Carol
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
  23. Eu tenho e descobri com uns 14/15 anos. Eu sentia muuita dor e houve suspeita de tudo quanto é coisa, até finalmente descobrir o que era.
    Tomo anticoncepcional desde então para tratar. Não tenho grandes problemas com isso, mas dá um certo receio quanto a infertilidade..como será quando eu quiser engravidar? Sem contar que é um problema que parece cada vez mais comum.

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
  24. Post super explicadinho amiga, gostei.
    E realmente muita gente tem, na família do meu pai acho que alguém tem.
    Que bom que conseguiu amenizar e souberam te explicar direitinho.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier / Compras do mês

    ResponderExcluir
  25. Quero parabeniza-la pelo post. Poucas blogueiras falam sobre esse assunto.
    Eu tinha uma amiga com esse problema e ela sofria principalmente por causa da acne. Acho super valido vc chamar atenção pelo fato de que todas nós precisamos fazer exames femininos regularmente. Algumas meninas tem medo de ir ao ginecologista, principalmente se for a primeira vez, mas é uma coisa necessária e não tem do que ter medo.
    Tenho me cuidado mais depois que me casei por que meu marido pega muito no meu pé. Por isso tbm acho legal a família ficar de olho na saúde das mulheres de sua vida.
    Beijo,www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  26. Lady minha linda :)
    Eu já tinha ouvido falar, mas nunca li matérias tão a fundo assim, quanro a gente conhece oq realmente é, se assusta... mas se tem tratamento já é um alivio ^_^
    Fico feliz que hoje você sabe bem lhe dar com a SOP, assim fica mais fácil não é mesmo?!
    Adorei por demais a matéria, pois muita gente assim como eu, não conhecia a fundo.
    Grande beijo lindonaaaa, tenha uma linda semana
    Luh

    www.blogflordemulher.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oii Lady compreendo perfeitamente o que é ser atendida por um médico do sus muito mal educado, uma vez fui a uma consulta de rotina e não mais voltei péssimo atendimento. Conheço apenas uma pessoa que tem a síndrome dos ovários policísticos e que foi curada pela fé testemunhou na igreja no domingo até!Imagino para você o quanto seja difícil não poder cessar o uso do medicamento embora possa ter uma vida normal!Que o Senhor possa te dá a cura também creia!
    Um super beijo
    http://detudoumpoucosil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Lady, muito legal vc compartilhar sua experiencia com a gente... sabe eu tive na adolescência, mas tratando eles foram embora, superei, e que bom que vc tb superou. Tudo passa, e o melhor de tudo é sempre buscar uma segunda opinião, infelizmente existem médicos bons e ruins no SUS ou até mesmo particular, acredite... Já fui muito mal tratada por médicos que custaram uma nota, tenho plano de saúde e tb já fui mal tratada... por isso sempre falo: existem médicos e médicos :)

    Um beijo bem grande e uma ótima semana pra vc, cuide-se

    ResponderExcluir
  29. Nossa, SOP é um caso sério né? Ainda bem que existem formas de tratar esse problema.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  30. Esse é um problema sério, hein?! Não conheço ninguém que tenha. Mas é sempre bom ficar de olho aos sinais, né? ótimo post diva.

    Glamourosas de Rosa

    ResponderExcluir
  31. Thx for sharing this with us. I am speechless about that first doctor you went to. They are supposed to help you not to assault you. What a traumatic experience. I am so sorry, Leiri. So glad you found another one who treated you rightly and with all the respect everyone deserves. Again, thx for sharing it with us.
    hugs
    Lenya
    FashionDreams&Lifestyle

    ResponderExcluir
  32. Bom eu não sei se tenho , mas tenho que tomar anticoncepcional por causa das espinhas , eu já tinha feito todos os tratamentos dermatológicos antes (ácidos , pomadas , formulas , antibióticos e mais ) e nada funcionava então meu dermatologista passou o anticoncepcional e as espinhas foram embora , mas quando paro de tomar volta tudo de novo =\
    Bjs
    Aquarela Pink

    ResponderExcluir
  33. eu nao sabia direito do que se tratava apesar de algumas das minhas amigas terem tido esse problema

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  34. Não conhecia este problema querida, gostei do seu post, bastante informativo, aprendi agora a ter cuidado com esse sindrome !
    Beijinhos Jasmim ** | Blog da Jasmim | Fan Page Facebook - New | Instagram

    ResponderExcluir
  35. Descobri que tinha SOP aos 18 anos, e so agora perto dos 40 e que consegui controla-la dentro dos possiveis,para alem de ter sido mae esse ano, um sonho ha muito desejado :)
    Bjsss
    Pode ver o meu testemunho e o e outras mulheres no post que fiz no ano passado sobrea doenca
    https://matildeferreira.co.uk/2015/09/29/sop-sindrome-de-ovarios-policisticos-a-doenca-silenciosa-de-mulheres-de-coragem/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou visitar agora!
      Fiquei feliz com seu comentário. *--*

      Excluir

Deixe aqui seu comentário ou sugestão!
Sigo todos de volta, é só avisar nos comentários e deixar o endereço do seu blog.
Beijos. ♥

Diário da Lady