Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 novembro 2017

Futuro incerto


Se há 10 anos atrás alguém me contasse tudo o que eu já vivi até os dias de hoje, eu iria me animar e desanimar ao mesmo tempo. Me animaria pelas coisas boas que me aconteceram, pelas conquistas pequenas, porém, importantes para mim e pelas amizades temporárias que pelo tempo que durou, foram inesquecíveis. Também eu me desanimaria pela dor que passei ao perder meu ente querido, pelo surgimento da depressão, as decepções daqueles que eu amava e que eram importantes na minha vida, o desapego àquelas amizades em que eu dava o meu melhor e o mesmo eu não recebia deles. Mas, se eu soubesse do futuro, minha vida não teria graça e eu não teria amadurecido tanto.


Tirando o lado bom das desgraças que a vida nos dá de vez em quando; foi brincando de boneca e vendo filmes da Disney que eu descobri o amor e por mais que nos dias de hoje esteja escasso, eu acredito que ele ainda não morreu, só está em desuso e escondido em cada um de nós. Foi pelas paixonites não correspondidas que eu me decepcionei no amor, mas sem deixar de acreditar na sua existência. Aprendi a esperar o momento certo de namorar e me permiti se apaixonar perdidamente pela pessoa que me fez feliz por um determinado tempo. Foi perdendo as amiguinhas da escola por motivos fúteis que eu aprendi que não temos amigos tão verdadeiros e fiéis como nossos pais (seja de criação ou de sangue mesmo), que nos acolhe sem nos julgar, que sempre arranca de nós um sorriso e demonstra todos os dias o seu amor e sua lealdade. Foi descobrindo a depressão que eu pude enxergar a força interior que há dentro de mim, a vontade que ela tem de viver e de passar por cima de tudo que me aflige. Foi estudando para valer na escola pública que eu descobri a importância do estudo nas nossas vidas e como é gostoso aprender coisas novas... se eu não tivesse levado tão à sério, assim como fez muitos dos meus coleguinhas da sala de aula, eu não estaria hoje na faculdade aprendendo o meu ofício.


Por isso, a gente começa a entender a nossa vida e o porquê as coisas não são do jeito que queríamos. Se fôssemos ricos em tudo, não teríamos maturidade e nem humildade para aprender e agradecer. Já percebeu que é através das dificuldades e das dores que temos mais força para seguirmos em frente?
Surge em nós a vontade de passar por cima de tudo, esperançosos de que tudo que é ruim passa e nossa vitória logo chega. Quando ela finalmente acaba, você se sente orgulhoso de si mesmo e agradece pelo aprendizado e pela conquista. A vida é mais bonita com algumas lágrimas, ter tudo com facilidade e sem o mínimo de esforço não faz sentido algum. É através das situações que a vida nos impõe que testamos nossa resistência, nossa força e coragem. E quando uma dificuldade surgir, tire o lado bom dela, pois, foi como aprendi num filme: "A gente só se lembra das coisas chatas da vida”, e é por causa delas que temos atitude, mudamos nossas ideias, amadurecemos e ficamos cada vez mais fortes. Por isso, nunca se esqueça de ser grata, a vida sem algumas lágrimas não faz sentido.




Até a próxima!
Beijos. 

4 comentários:

  1. Leidiana, such an inspirational post! ♡
    Sometimes, life is hard but we have to appreciate every second of it and stay strong. :)

    starshinebeauty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que reflexão maravilhosa. Quanta verdade.
    Amei o texto.
    Beijinhos

    https://glamour-02.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo e inspirador!
    Eu sempre penso sobre essa frase que você escreveu: "Por isso, a gente começa a entender a nossa vida e o porquê as coisas não são do jeito que queríamos." Isso é bem verdade, a gente precisa passar por alguns momentos ruins pra crescer e amadurecer.
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião aqui:
Beijos. ♥

Diário da Lady