02 setembro 2021

Cuidados essenciais com os pets

Oi gente!

Como estão? Eu estou tentando melhorar sabe? Ainda estou super desanimada, insatisfeita com meu corpo, estou tendo compulsões alimentares e zero vontade de sair de casa por conta da aparência. Amanhã é a prova de estágio e não me sinto segura, estudei esses dias todos mas parece que meu cérebro não absorveu nenhum conteúdo. Me sinto uma imbecil... e para piorar, tive um pequeno prejuízo em comprar uns medicamentos para meus pets na Shopee que não resolveram o problema de parasitas. Comprei 4 blisters do Nexgard, gastei R$ 100,00 para os comprimidos serem falsificados. Depois que avaliei a loja super mal, ela foi banida do site. Como meus cachorros estavam quase se matando de tanta coceira provocada pelas pulgas, liguei para o pet shop do meu bairro e comprei mais 4 remédios contra pulgas originais da Comfortis e deixei "meu rim" como pagamento... desembolsei mais 215,00. O prejuízo financeiro dói, mas fico feliz em ver meus anjinhos de quatro patas livres de parasitas e bem cuidados. Agora fica o aprendizado... quando for comprar algo, pesquise bem se é original e dê ênfase nas avaliações dos compradores. Depois da experiência ruim, tirei uma reflexão de aprendizado e como uma das minhas postagens mais populares é essa na qual falo sobre os pets (aqui), resolvi dar um plus agora para vocês. Se vocês amam animais de estimação assim como eu, sabe que devemos redobrar a atenção com nossos bichinhos, eles não sabem falar o que sentem, por isso é importante notar os "avisos" que surgem. 

Meus cachorros são muito importantes para mim, pois são eles que amenizam meus sintomas de depressão, nas postagens sobre meu dia a dia vocês puderam notar o quão presente estão nas fotografias. Tantas vezes em meio as crises que tive foram o amor e carinho de cada um que me ajudou a sorrir em meio às lágrimas. Por isso, sempre que posso financeiramente, gosto de retribuir cada carinho que recebo de cada um. Minha vida nem sempre foi "mar de rosas", já tive momentos financeiros arruinadores e sim, já perdi meus amigos de quatro patas para a morte porque eu não tinha dinheiro algum para levá-los ao veterinário ou medicá-los da maneira que eles mereciam. Isso me traumatizou tanto que agora, graças a Deus a condição financeira melhorou, eu não hesito em comprar itens ou medicamentos para prevenir meus bichinhos de pegar qualquer mal. E nessa postagem vou contar um pouco dos problemas mais comuns que meus cachorros possuem e o tratamento contínuo que dou em cada um deles. 

Dores de estômago: Aqui em casa todos os meus cachorros sofrem com isso. Por isso, cada um tem uma dieta restrita. Antigamente minha mãe amava compartilhar "comida de gente" para eles também. Depois do "surto coletivo", eu mudei a ração deles para um mais leve e livre de corantes, para variar o cardápio, eu compro sachês de ração úmida para eles, além de petiscos. Quando é necessário tomar algum remédio, eu misturo na comida ou faço pequenas bolinhas de carne moída com o comprimido dentro, que aí eles engolem com mais facilidade. E de praxe, quando é possível, cozinhamos fígado de galinha para eles comerem também em jejum. Além de ser barato é ótimo contra dores de estômago e gastroenterites. 

Otite canina: Conhecida como inflamação nos ouvidos, na minha singela opinião é uma das piores dores que os cães podem ter. Dos 4 cachorros que eu tenho, 2 tiveram esse problema, o Theodoro e o Jocko. Eles coçavam a orelha, choravam de dor e sacudia a cabeça o tempo inteiro. Eu sofria vendo isso deles e quando levei um deles para o veterinário, comprei de imediato os remédios para otites e depois que os dois ficaram curados, eu ainda continuo a manutenção. Como a veterinária recomendou, sempre que termino de dar banho em cada um, eu higienizo as orelhas deles para evitar o surgimento das otites. Tem resolvido e na hora de comprar o medicamento, deve escolher os mais recomendados. Na receita do meu cachorro, a veterinária deu a opção de usar o Auritop ou o Otovet, no momento eu uso o Otovet pois era o único disponível da Drogaria Araújo perto da clínica veterinária e a eficácia dele é surreal. Vale a pena o investimento, pois é melhor prevenir do que remediar... sem contar que nossos pets agradecem.

Dermatite canina: No início era apenas o Theodoro que sofria desse mal, agora o Tango e o Jocko também possuem. O do Theo é mais grave, pois se não cuidar direito, causa aquelas feridas horrorosas e quanto mais ele coça mais ferido fica a região. O Tango também começou a descascar o couro, assim como o Jockinho. E como prevenção eu só uso shampoo antialérgico em cada um deles. O que eu uso é o Cetodine e confesso que ele é muito caro, mas vale a pena o investimento porque melhora e muito o aspecto dermatológico dos cães. E como finalizador, eu uso o Hidrapet pós banho, que deixa os pelos com muito brilho e bem macios. Além dos produtos de uso tópico, diariamente o Theo e o Tango ingerem 5mg de Prednisona. O investimento é alto, mas vale a pena, pelo bem-estar dos meus peludinhos. 


Gostaram da postagem? Comente!



Até a próxima!
Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário