Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

04 maio 2018

Pet doente + sem dinheiro para veterinário = o que fazer?

Oi gente!
O post de hoje é para quem ama animais de estimação e sofre muito quando eles ficam doentes, seja por algo simples a algo mais grave. Eu já sofri e muito com esses eventos, sofria mais ainda quando não tinha dinheiro suficiente para contratar um veterinário para cuidar dos meus anjinhos de 4 patas. Quando eu percebia que eles ficavam doentes, eu sempre recorria ao Google e os sites específicos de veterinária para saber o que fazer e quais procedimentos e tratamentos utilizar. Sei que não é o recomendado, mas quando não temos dinheiro para arcar com veterinários, essas informações ajudam e muito nosso pet a se recuperar bem e ficar muito mais tempo conosco. Por isso, separei algumas informações a respeito do tema e compartilho tudo que sei com vocês. Confiram:


Gripe canina:
Durante o começo do ano, com a onda de chuvas em BH, meu cachorro pinscher Nick (o Leitão que costumo citar aqui no blog) ficou muito gripado e por um momento, fiquei receosa dele pegar pneumonia e morrer, porque ele mal respirava direito e tossia muito. Ele não dormia bem e o mais triste foi que ele adoeceu justamente no período em que não tínhamos dinheiro suficiente para chamar veterinário (que é bem caro aqui na minha cidade). Eu resolvi entrar na Internet pelo celular e vi uns artigos falando sobre a gripe canina, os sintomas e o tratamento. No caso, eu optei por métodos caseiros fáceis e que não colocavam em risco a saúde do meu cachorro.

SUCO DE NÊSPERA
Eu não tive coragem de usar no Leitão porque eu sabia que ele não iria tomar. Essa nêspera nada mais é que ameixa amarela, basta tirar o suco dela e fazer o pet beber. Ela é boa porque a fruta é rica em vitamina C, o que ajuda demais na imunização do cachorro.

VAPOR
Para o cachorro com o focinho entupido, fazer vaporização é muito eficaz para eliminar as mucosas e permitir que o pet respire direito. Eu pegava um pouco de água, fervia e colocava numa xícara de chá e deixava o vaporzinho chegar um pouco perto do focinho (sempre fiquei atenta em segurar direito a xícara para não correr riscos dele se queimar com a água e o vapor). E isso acabou funcionando, porque o catarro escorria e ele respirava bem melhor.

SORO FISIOLÓGICO
Outra dica que vi foi limpar o focinho do pet com soro fisiológico, já que o mesmo ajudava a combater o focinho entupido e na higienização também.

ÓLEO DE COCO NATURAL EXTRAVIRGEM
Nessa gripe do Leitão, ele tossia muito, era torturador para mim, porque ele nem dormia direito, sempre levantava tossindo e tendo ânsia de vômito. Aí no artigo, eu vi que colocar uma colher de sobremesa de óleo de coco natural extra virgem na água do cachorro ajuda a aliviar as crises de tosse, além disso, o óleo potencializa a imunidade canina, dando muita saúde para ele. Não hesitei e comprei o óleo de coco. Assim que o Leitão começou a fazer uso, ele teve melhora; as tosses diminuíram e a gripe foi sumindo aos poucos.

BENZETACIL CANINA ANTIBIÓTICO 
Para melhorar mais ainda a gripe do meu pet, levamos ele numa casa de ração de confiança para ele tomar um antibiótico canino. Gastamos menos de 10 reais pela dosagem ideal para o peso e tamanho do Leitão. Isso ajudou e muito, porque com o auxílio da vaporização, do soro fisiológico e do óleo de coco, ele foi melhorando até ficar 100% curado.


Papiloma vírus:
A primeira vez que comecei a pesquisar na internet sobre esses assuntos de receitas caseiras e tratamento para cachorros doentes foi quando adotei a Nina, minha cachorrinha que ficou por mais de um ano em casa, até falecer. Quando eu peguei ela das ruas, ela veio com papiloma vírus, um tipo de verruga canina muito feia, em formato de couve flor, que, no caso dela, estava em toda a boca (interna) e no pescoço do lado esquerdo (externo). Era horrível, ela não comia direito e o que eu não sabia, era que esse papiloma vírus é contagioso para os outros cães, foi aí que o Leitão contraiu essa doença na boca e na língua. Foi chocante e por isso pesquisei o que seria bom para combater essa doença.

ÓLEO DE RÍCINO E VINAGRE DE MAÇÃ
Descobri que óleo de rícino (laxante) e vinagre de maçã eram muito eficazes para combater a papiloma vírus, porém, eu optei por usar o óleo de rícino, porque fiquei com medo de não usar o vinagre de maçã direito e causar algum incômodo nos meus cachorros. E deu certo!
Utilizando o óleo de rícino (eu aplicava com cotonete limpo) no papiloma vírus, em até 2 semanas a verruga murchou, caiu e meus cachorros ficaram imunes a essa doença. Claro, cuidamos e muito da alimentação deles para fortalecer a imunidade, com rações adequadas e água limpa todos os dias.

ÓLEO DE COCO NATURAL EXTRAVIRGEM
Dar óleo de coco durante o tratamento é ótimo porque aumenta a imunidade canina. Eu sempre colocava uma colher de sopa para eles tomarem, seja puro ou misturado na água.


Tosse dos canis: 
Quando eu adotei o Teodoro das ruas, ele veio em casa num dia de chuva e depois de 2 dias ele começou a mostrar os sinais de tosse dos canis. Era horrível ver esse tossindo seco (parecia que ele estava gripado, mas não estava. Depois que comecei a usar óleo de coco na água dele, essa tosse, com o passar tempo, simplesmente sumiu.

Coceira no olho: 
Eventualmente, o Leitão costuma ficar com os olhos lacrimejando e ele coça muito os olhinhos até chorar. Vi no artigo que passar soro fisiológico com a gaze limpa e umedecida por ele ajuda e muito a aliviar a coceira nos olhos dos cães.

SORO FISIOLÓGICO E GAZE


Mordida de pulga: 
Para mordida de pulga, dizem que dar banho nos pets com água, um pouco de farinha de aveia e bicarbonato de sódio ajuda a aliviar a coceira que os cães sentem após uma mordida de pulga ou carrapato. Eu já usei nos pets e ajuda mesmo.

BICARBONATO DE SÓDIO E FARINHA DE AVEIA

Dores de estômago: 
Quando os cachorros comem capim, significa dizer que eles estão com dor de barriga. Para aliviar as dores de estômago que costumam atacar os nossos anjinhos, compre fígado de galinha e cozinhe na água com um pouquinho de sal (não use tempero e nem óleo). Se ele for filhote, amasse o figuinho com o garfo e dê os pedacinhos pequeninos, ou então dê apenas o caldo. Agora se ele for adulto, de o fígado normal junto com o caldo. Essa dica a veterinária antiga do Leitão nos ensinou e até hoje colocamos em prática. Outra dica que ela nos deu é dar Yakult para o pet, já que ele tem lactobacilos vivos e ajuda no bom funcionamento do intestino do cachorro.

FÍGADO DE GALINHA E YAKULT


Sites confiáveis que eu adoro visitar:
Cachorro Gato
Clube Para Cachorros
WikiHow



Gostaram da postagem? Comente!


Até a próxima!
Beijos. 

14 comentários:

  1. Claro que entendo a tua situação mas eu felizmente não necessitei recorrer ao google ainda para situações dessas, ou porque não aconteceram ou porque uma vez ou outro vou com o meu cão ao veterinário e está tudo bem. Sei no entanto, que não é barato e por esse motivo, muito obrigada pelas dicas pois quem sabe no futuro venha a necessitar (espero que não).
    Beijinho <3

    www.trendsandfashionblog.pt

    ResponderExcluir
  2. Que bacana as dicas Leidiana..Não tenho pet, mas vou mostrar para minha irmã que tem duas cachorrinhas.

    Dani Ramos
    Blog: https://donaengenhosa.com.br/
    Loja: https://www.elo7.com.br/donaengenhosa/loja

    ResponderExcluir
  3. Eu não sabia que farinha de aveia e bicarbonato ajudava com a coceira de pulgas. Minha cachorra tem alergia a pulgas, então ela se coça até formar feridas em carne viva, é um horror quando ela pega pulga. Aí eu dou banho nela com Matacura, um sabonetinho milagroso que por aqui custa menos de dez reais.
    Amei teu post, super informativo.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não tenho pets, mas vou compartilhar suas dicas com meus seguidores no twitter.
    big beijos

    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  5. it is very interesting. I enjoyed reading this post and watching pictures..

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  6. Veterinário é algo caro e as vezes acontece dos nossos bichinhos ficarem doentes e levá-lo ao médico no momento não é prioridade por isso adorei as dicas e o post, muito bom mesmo :)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amei seu post, Le. Isso acontece e muito! Graças a Deus moro no interior e como todo mundo conhece todo mundo, conseguimos anotar e pagar depois em todo lugar. As vezes, salva a vida quando a gente não tem dinheiro.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Lady, gostei muito das suas dicas e informações, a minha cadela coça os olhinhos de vez em quando e até lacrimeja também, da próxima vez que isso acontecer vou passar o soro fisiológico com a gaze ^^ amei esse post, super útil!

    PS: não sabia que você era de BH :O

    bjs

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  9. Informações muito úteis, pelo sim pelo não, fiz um seguro para a minha cadela!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  10. Adorei as dicas, meus pets vire e mexe ficam doentes e nem sempre conseguimos levar ao veterinário.
    beijos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Essas dicas devem ajudar bastante num momento de aperto financeiro!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  12. Oi Leidiana, tudo bem?
    Mesmo não tendo pets, eu gostei muito das dicas pois vez ou outra cuido dos pets da minha madrinha.

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Post super útil ! De verdade ! Amei todas a dicas ! Obrigado pela ajuda <3

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião acima:
Beijos. ♥