04 novembro 2020

Dinheiro é mais importante que a verdade e justiça?

 Oi gente!

Ontem eu disse que acordei animada, mas hoje não aconteceu. Fiquei assistindo os noticiários no YouTube e fiquei chocada com o caso da Mariana Ferrer. Eu não tocaria nesse assunto se não tivesse mexido tanto comigo. Eu sou formada em Direito e vendo uma coisa dessas me faz ter vergonha da minha futura profissão. Não é meu sonho ser advogada, mas farei a prova por necessidade, afinal preciso ganhar meu dinheiro e por em prática o que aprendi na teoria. Meu sonho é ser defensora pública ou promotora e fazer jus a profissão, independente da condição financeira. Tem muitos advogados que trabalham pelo mero dinheiro e não pela justiça... assisti ao julgamento do caso e fiquei sentida como a vítima foi tratada: já não basta o trauma que ela passou, ainda ser humilhada por um profissional que não representa nem metade dos advogados justos e éticos que existem nesse país é terrível e pior ainda foi a inércia do juiz no caso, isso foi o que mais me doeu.

Realmente o amor de muitos para com os outros se extinguiu. Aprendi na faculdade que muitos profissionais do Direito trabalham pelo dinheiro e não pela verdade. O que é verídico é distorcido e por mais que tenham provas concretas do caso, ainda há meios de inocentar alguém que é 100% culpado pelo ocorrido. É um dos motivos que eu detesto a área criminal, ela não é justa, verdadeira e transparente. Eu a comparo como um jogo, na qual a pessoa entra para ganhar, independentemente se merece ou não. Em muitos casos o dinheiro fala mais alto que a consciência e a verdade comprovada em provas. Ser mulher nesse país e até mesmo no mundo é difícil. Diariamente somos vistas como objetos sexuais ou coisa sem valor. Por mais que lutamos a favor da igualdade e respeito, parece que regredimos cada vez mais. Chorei muito hoje de madrugada e me perguntando porque a vida é tão cruel conosco, porquê somos tão desprezadas, humilhadas e diminuídas? Porquê existem pessoas tão ruins de coração, que tem o prazer de humilhar as pessoas e achar que está tudo normal?! 

Vendo o julgamento senti repúdio pelos profissionais e concluí que nenhum deles me representam e tampouco idealizam no que acredito. Se Deus me permitir estar em um cargo alto, JAMAIS agiria assim. Quem sou eu para humilhar ou diminuir alguém? Não sou capaz de ver uma injustiça e cenas humilhantes na minha frente e ficar inerte, sem fazer absolutamente NADA! Acima do status e do dinheiro, tem um ser humano dentro de mim, que tem alma, coração e consciência. Fico me perguntando como que esses advogados conseguem dormir com tranquilidade sendo que foram comprados com dinheiro sujo. 

A justiça dos homens pode ser injusta, mas a de Deus não é. Eu acredito na 'Lei do Retorno', carma e o velho ditado: "Aqui se faz, aqui se paga". Peço a Deus para Ele fazer o que é justo e dar aquilo que a pessoa merece. O dinheiro pode corromper os homens, mas jamais corrompe Deus. Justiça de verdade é só com Ele. O ser humano é decepcionante e às vezes tenho vergonha de pertencer a essa raça. 


PS: Amanhã eu responderei os comentários pendentes. Não estou com humor para fazer isso. Vou aproveitar o dia para ficar com minha mãe, assistir umas séries e dormir. 


5 comentários:

  1. Esse caso tem deixado todas nós muito abaladas e é como se nós, de certa forma, também fossemos vitima do que a Mariana esta passando. Justiça falha! Tenho esperança que esse monstro ainda vá para onde ele merece estar.
    Um beijão,

    Marcela Miranda

    ResponderExcluir
  2. Eu sei nem o que comentar sobre esse caso, foi tudo tão desumano, que fiquei sem palavras. Desejo muito que ela se recomponha. ❤️


    Beijos
    https://blogdathaiara.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Super concordo com você e foi nítido ver que o juiz foi comprado para dar uma sentença tão absurda como Estupro culposo. Fiz até um desabafo sobre o assunto no meu instagram, depois dá uma olhada.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  4. Ai amiga, você disse tudo. Terça-feira eu me desanimei totalmente com essa história, não consegui engolir. O pior é que eu acabei vendo o vídeo e isso me deu um repúdio tão grande, tão grande, que se eu não soubesse o contexto, ia achar que ela estava sendo julgada por algum crime que ela tenha cometido, quando na verdade é o contrário. A justiça aqui no Brasil é extremamente falha, se ela com toda a repercussão, todas as provas possíveis, testemunhas...e mesmo assim não deu em nada, imaginei que se fosse com outra pessoa que não levou a mídia, o quanto deve ser pior. Eu trabalhei muito a minha fé, que exista uma "Justiça Divina" e que a pessoa pague com o tempo em vida e pós morte pelos crime que cometeu.
    Espero que pelo menos o caso dela seja resolvido, embora os traumas serão permanentes.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir