25 fevereiro 2019

Quatro vidas de um cachorro

Oi gente!
Nesse final de semana eu fiquei em casa (como de costume) assistindo vários filmes, um deles foi esse titulado na postagem. Eu, por ser apaixonada por cachorros, me encantei com o filme e chorei a beça, ainda mais quando ele demonstrava seu amor, morria e reencarnava. No final do filme, chorei copiosamente porque o que foi narrado no final é a mais pura verdade. Cachorros são anjos e estão aqui na Terra para proporcionar amor e doar carinho. Digo isso porque todas as vezes que tivemos cachorros em casa, eles nos proporcionavam tanta alegria e amor, até mesmo nos dias difíceis.


Eu me lembro de quando meu pai morreu em 2016, quando voltamos da viagem, eu sentei nos degraus da escada e comecei a chorar. Eu pensava sobre o futuro e tinha medo dele, porque não tinha mais o meu pai para me encorajar e me aconselhar. Naquela época, todos os meus sonhos tinham sido exterminados e, enquanto eu pensava e chorava, meu cachorro pitbull Tyson chegou perto de mim e colocou a cabeça no meu ombro. Nesse instante, eu chorei mais ainda, por gratidão a esse anjo de 4 patas, que estava sentindo a minha dor e compartilhando força, pois era o que eu mais precisava naquele momento.

Eu poderia ficar horas descrevendo todas as atitudes fofas que meus outros cachorros fizeram por mim e pela minha família. Mas, algo que, recentemente aconteceu e que me deixou em prantos eu devo compartilhar com vocês.

Nas minhas férias, minhas dores de estômago ficaram mais intensas e nem remédios davam conta, foi então que no dia 09/02, eu passei tanto mal que eu tive febre, gritava de dor e minha pressão abaixou (nesse dia, eu não conseguia comer nada, porque tudo que eu ingeria eu vomitava posteriormente). Minha mãe ia chamar o samu, mas eu não quis porque não queria passar o final de semana no hospital. Fiquei com medo de ser alguma coisa grave e fiquei deprimida demais, porque minha mãe e meu irmão estavam apavorados e com medo. Mas não foram só eles, meus cachorros também.

Quando minha pressão abaixou, eu desmaiei na cama da minha mãe e quando acordei, minha mãe se arrumava para ir a farmácia comprar medicamentos para mim. E meus cachorros estavam deitados ao meu lado, me mimando e compartilhando força e amor. Meu cachorro Nick ama ir à rua com minha mãe, e nesse dia ele nem fez festa para ir, preferiu ficar deitado ao meu lado cuidando de mim. Chorei demais nesse dia, não apenas pela dor que eu sentia, mas sim pelas atitudes desses anjos de quatro patas.
Eu fico mais emocionada ainda, só de imaginar como podem existir pessoas monstros que tem audácia de fazer mal, maltratar e torturar esses verdadeiros anjos.

Por isso, ter visto esse filme me fez ser uma pessoa melhor e hoje dou muito mais valor e carinho aos meus animais de estimação. Recomendo vocês a verem esse filme e, se possível, leiam o livro junto comigo, é de se emocionar!


Gostaram da postagem? Comente!


Até a próxima!
Beijos. 

12 comentários:

  1. Já vi esse filme e adorei!
    Beijinho e boa semana!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei a publicação :))

    Hoje:- Mundo de espinhos e rosas.

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    ResponderExcluir
  3. Lady, eu to com esse filme aqui doida pra assistir, mas to postergando ele porque sei o quanto eu vou chorar (sou chorona), eu falo muito que nos não merecemos esses bichinhos, porque por mais que os amemos nunca amaremos na mesma medida que nos amam!

    Beijocas;
    Rah Assis Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Não vi o filme e não li o livro, mas deve ser encantador! Os serumaninhos muda muito o nosso jeito de pensar e isso é ótimo!

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sua resenha, ainda não tive coragem de assistir porque sei que vou chorar horrores .

    Beijos boa semana
    Www.bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Esse filme parece ser ótimo. E realmente, quando estamos tristes, doentes, os cachorros sentem e ajudam! Eles realmente entendem o que falamos. Uma vez eu falei assim pro meu cachorro: "eu vou comer sua comida", na mesma hora ele foi comer a comida dele. E foi só palavras, sem gestos, sem tom de briga... ahhaha. Ele entendeu!!! | NicenessBeauty

    ResponderExcluir
  7. Leidi, imagino o quão emocionante é esse filme/livro! Eu como sou apaixonada por animais, com certeza me emocionaria também!
    Também não sei como pode existir gente ignorante e imbecil (desculpa pelo palavrão kkk), que pode maltratar qualquer bichinho, independente de espécie. Isso acaba comigo. =(

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  8. Que post lindo, fiquei emocionada ♥
    Fazia anos que eu não tinha nenhum animal de estimação, agora temos um gatinho em casa e nossa como ele nos faz bem. Eu tinha até esquecido como é o amor desses animais por nós e de nós por eles.
    São anjos mesmo!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse filme é tão lindo, logo que lançou fui ao cinema ver e não me arrependi. Indico para todo mundo!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Eu não vi esse filme ainda, mas fiquei besta com o teu depoimento. Animal são anjos, com certeza ficaram mesmo pra cuidar de ti <3. Eu tenho cinco gatas, minhas meninas andam me fazendo bastante companhia nos momentos difíceis que estou passando, principalmente a minha filha mais velha. Sempre deita do meu lado, até em noites que estou com medo <3.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  11. Eu não conhecia o filme! super amei a indicação pois amooo cachorros e gatos!

    Beijinhos :*

    www.blogsunshinee.com
    https://www.facebook.com/blogsunshine1
    https://www.instagram.com/blogsunshine/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião acima:
Beijos. ♥